Startups: Novos Modelos, Velhos Hábitos

As startups são, em essência, inovadoras: nos processos, nas tecnologias adotadas, nos produtos e serviços desenvolvidos. No post anterior, conversamos um pouco sobre este assunto.

Entretanto, apesar dessa natureza vanguardista, muitas dessas empresas ainda não mudaram o mindset sobre a cultura organizacional aplicada. Reproduzem os modelos tradicionais de gestão, onde há muitas mulheres na base e apenas homens brancos nos altos cargos de gestão.

De acordo com uma pesquisa do “Female Founders Report 2021”, apenas 4,7% das startups brasileiras são lideradas por mulheres. Outro dado alarmante: apenas 0,04% do total de investimentos (cerca de US$ 3,5 bi) foi destinado a startups brasileiras fundadas só por mulheres.

Estes dados foram divulgados em um artigo escrito por Beatriz Bevilaqua, “Abismo entre homens e mulheres persiste nas startups”.

É muito importante que a cultura corporativa focada na inovação das startups também esteja refletida na diversidade, não apenas em relação a todos os colaboradores, mas também nos cargos de liderança e de tomada de decisões.

Enquanto estas empresas continuarem a repetir vícios de outros tempos, a verdadeira modernidade — ligada à cultura da pluralidade — nunca vai existir, de modo que elas serão inovadoras nas soluções, mas arcaicas na estrutura.

Quer saber sobre como abrir as suas portas para a evolução? Converse com a Curasapiens e descubra novas possibilidades!

Sobre o(a) autor(a): Curasapiens

Somos uma consultoria em diversidade e inovação.Nosso propósito é colaborar com a formação de pessoas para a construção de um ambiente institucional e educacional mais harmônico, criativo e diverso.Temos por objetivo oferecer ferramentas capazes de promover uma gestão mais eficiente, equânime e competitiva.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Como as startups estão transformando o mercado

Como as startups estão transformando o mercado

Você sabe o que são as startups e como elas podem agregar ao mercado? Se a resposta é não, sugerimos atenção a essa novidade! As startups podem ser definidas como um modelo de negócios focado em buscar novos conceitos e soluções eficientes para o público. Essas...

O que significa ser homem nos tempos atuais?

O que significa ser homem nos tempos atuais?

Para o sociólogo Jorge García Marin, a masculinidade tradicional baseia-se em um modelo de exclusão e domínio sobre o outro, e na submissão do diferente. Hoje não se fala mais em masculinidade do singular, mas no plural. As discussões sobre igualdade de gênero e o...